Janeiro 12, 2021

Girar o Copo de Vinho: quais os motivos? 

Sempre que servem um vinho, os Experts da matéria fazem sempre o copo girar, mas será que é necessário? Ou foi algo que tomamos como verdade?

De facto, girar o copo permite agitar o vinho, fazendo “sair” alguns compostos,  tornando a bebida mais agradável de ser consumida. 

Com este movimento, também fazemos o vinho respirar, permitindo que o oxigénio se agregue a alguns compostos, ajudando o vinho a libertar aromas inerentes à sua casta e aumentando a intensidade olfativa do vinho. 

À medida que o vinho entra em contacto com o oxigénio, o paladar fica mais harmonioso e mais apetecível de ser consumido – já todos ouvimos a expressão “pôr o vinho a respirar”. 

Sem dúvida que “girar o copo do vinho” faz parte de um ritual de degustação, que iremos falar noutro artigo com mais pormenor. 

Girar o copo de vinho surge como uma garantia de qualidade, na degustação dos vinhos, é uma ferramenta de degustação que permite ao vinho revelar a sua identidade, através do paladar e do olfato. Este ato tornou-se tão épico, que mesmo não sabendo o motivo, é inato que nos serviam um vinho e rodamos o copo – continue, está a fazer bem! 

Pode sempre sugerir algum tema ou dúvida que considere interessante partilhar. 

Gostou do nosso conteúdo? 

Siga-nos no Facebook,  Instagram e Linkedin. 

www.casasantaeulalia.pt 

“Quando o vinho entra, os segredos saem.”